18.4.10

Flanando, faraniando...

Rua em Botafogo traz um misto de arquiteturas clássicas - e sombrias! - acolhidas pelo espírito jovem-universitário da galera que por ali transita





A Rua Farani, no bairro de Botafogo, é aquele tipo de rua que todos conhecem de nome, que serve de referência para localizações rápidas, embora poucos, de fato, andem por ali. A não ser quem mora pela região. Ou, por quem estuda em alguma das universidades do bairro e faz um stop lá para a confraternização - alcóolica - do dia, junto dos amigos. Pequenininha, ela começa na Praia de Botafogo e termina lá em cima, na Rua Pinheiro Machado, já no iniciozinho do bairro das Laranjeiras. Logradouro curioso. Na Farani rola uma mistura do feio com o bonito, do antigo com o moderno, do alternativo com o popular. Acompanhe o texto e as fotos e tire suas próprias conclusões!



A FARANI TEM INÍCIO na Praia de Botafogo e termina lá em cima, na Rua Pinheiro Machado. Na foto da direita, pode-se ter uma noção da bela paisagem que é a Praia de Botafogo, vista através da Farani.




NA ESQUINA COM A Praia de Botafogo, uma filial da Caixa ocupa um prédio histórico da Rua Farani. Bem simpático!


Um dos meus maiores receios, ultimamente, ao fotografar as rua do Rio é a questão de segurança. Sair por aí com uma câmera nas mãos não tem sido fácil; prestar atenção nos malandros quase supera o meu nível de concentração em observar os detalhes urbanos aos quais gosto de admirar em uma rua. Na esquina da Farani com a Praia de Botafogo, os casos de "assaltinhos" são bem comuns por pivetes. Vi alguns por ali, no semáforo, mas continuei na minha. Meu anjo da guarda me protege, haha... Pois bem, de um lado da esquina, uma casa charmosíssima, provavelmente de um século remoto, ocupada por uma filial da Caixa. Do outro, uma casa de sucos, dessas que vendem sucos (é claro!), mates, joelhos, pastéis, sandubas naturais... Trânsito intenso. Adoro muvuca urbana.



COM SOMBRINHAS QUE protegem o pedestre do tenebroso sol carioca, muitos dos sobrados e imóveis da Farani funcionam, hoje, como estabelecimentos comerciais, além de bares e restaurantes alternativos.


Ao adentrar a Rua Farani, a primeira impressão que se tem é de que se trata de uma rua sombria. Talvez essa denominação seja um pouco exagerada pois a Praia de Botafogo é bem clara, aquela visão maravilhosa, árvores, e bastou entrar numa ruazinha logo ali do lado para que a escuridão apodere os seus olhos. Mas isso tem uma explicação: apesar da localização privilegiada, grande parte da arquitetura da Farani é muito esquisita. Sabe aqueles prédios que existem na Avenida Presidente Vargas, sustentado por pilastras monstrengas pilotis, que cheiram muito mais a xixi do que o seu próprio excremento? Então, essas (nada) simpáticas vigas também fazem parte da Rua Farani, servindo de mural público, repleta de pichações e de propagandas coladas de "Compro ouro", "Ganhe dinheiro", "Meninas sapecas", entre outros. Logo, quando tais edifícios (muitos deles residenciais) são sustentados por essas altas pilastras, existe sempre um recuo - sombrio! Fica realmente escuro! - onde brota o comércio. Assim, lojinhas populares, como óticas, salões de beleza e farmácias passam a competir em espaço com os bares - verdadeiros pontos de encontro da galera universitária na região.



O CRUZAMENTO DA Farani com a Rua Barão de Itambi e a Praça Chaim Weizman ao fundo.


Em Botafogo existem muitas universidades. Só ali no entorno da Farani está a Fundação Getúlio Vargas, a IBMR, a FACHA (Hélio Alonso) e, por fim, a Universidade Santa Úrsula, mais lá pra cima, na Pinheiro Machado. O perfil jovem, de mochila nas costas, que circula pela Rua Farani é marcante, assim também como muita gente bem alinhada e de diferentes idades, mas não porque o local seja chique, sofisticado; é que tem muitas empresas e escritórios por ali, como a própria FGV, que não permite que alguém entre lá de qualquer jeito. Enfim... Como o público é variado, os restaurantes bacaninhas não poderiam faltar. Ainda na primeira quadra, entre a Praia de Botafogo e a Rua Barão de Itambi, têm muitos sobrados antigos que foram restaurados e hoje abrigam tais restaurantes, bastante alternativos, entre eles o Miako (comida japonesa), o Casa da Sogra (pé sujo quase limpo) e o Mizu (incrível combinação de comida japa com mexicana).



A BIBLIOTECA MUNICIPAL Machado de Assis, mais conhecida como a Biblioteca de Botafogo, é um dos pontos principais da adorável Praça Chaim Weizman. Construção da década de 20, o imóvel pertenceu à família Castro Maya.




APROXIMANDO-SE DO final da rua, a Praça Chaim Weizman perde um pouco da sua beleza para dar espaço ao acesso a uma passarela de pedestres, que passa sobre a Rua Pinheiro Machado. Na foto à direita, as citadas lojas populares, localizada no recuo dos edifícios sustentados pelas vigas nada estilosas.


Na esquina com a Barão de Itambi, um posto de gasolina; do outro, uma praça linda. A dita cuja é a Praça Chaim Weizman, repleta de gigantescas palmeiras, árvores, jardins floridos e, ao fundo, uma casa bastante atraente, de modelo neoclássico, do final da década de 1920: a Biblioteca Popular Municipal Machado de Assis, anteriormente residência da família Castro Maya. Casa muito charmosa em praça idem, que já simboliza o fim da Rua Farani, lá na confluência da agradável (e caótica) Rua Pinheiro Machado, em frente à Santa Úrsula. É. Uma vez mais, localização bem boazinha.



À ESQUERDA, moça caminha pela ampla calçada da Farani, entre as ruas Jornalista Orlando Dantas e Pinheiro Machado. Na foto à direita, o fim da Rua Farani, com vista para a Universidade Santa Úrsula e a Rua Pinheiro Machado.



Gostou deste post? Circula ali pela Farani? Deixe seu comentário, então!

7 comentários:

Samila Soares disse...

Já tomei muito chopinho por alí. Sds

Cris disse...

1 - Assaltinhos? Temos um conhecido q foi assaltado a mão-amarda ali, logo cedo! Mas, é verdade, normalmente é tranquilo.

2- O trânsito tem estado cada vez pior, fiquei impressionada, depois que voltei...

3- O mais legal dalí é estar no meio de 3 bairros, botafogo (pq eu não consigo considerar aquilo botafogo), flamengo e laranjeiras. Normalmente, as pessoas ficam um pouco confusas kkkk

bjao

obs: possou por alí e nem foi lá em casa!!!! :(

Ivo Korytowski disse...

Adorei.

Pedro Paulo Bastos disse...

Cris,
faça um convite oficial e aparecerei!
hahahahaha
Beijo!

Cris disse...

fala sério q vc tá esperando convite pra ir na nossa casa!!!

Ok, vou organizar um banquete (digo, um lanchinho kkk) pra te convidar.

olha, encontrei um link bacana e lembrei de vc
http://amigosdoflamengo.com.br/vis_noticia.php?id=13

bjs

Nighto disse...

Olha a Rua Farani aí gente!

http://www.openstreetmap.org/?lat=-22.941541&lon=-43.181117&zoom=18&layers=B000FTF

Passo por ela de bicicleta todo dia voltando da faculdade. Mais uma vez, ótimas fotos.

[]s

Pitty que Pariu disse...

Chegeu aqui procurando o nome da biblioteca que fica na praça entre a farani e a pinheiro machado. Queria saber se ela tinha acervo e consulta digital, on line.
Bacana o site falando sobre as ruas. Coisa de apaixonado mesmo.