7.11.09

Rio, City of Splendour

James A. Fitzpatrick foi um documentarista e diretor americano que, nas primeiras décadas do século passado, percorreu diversas cidades filmando-as para a sua série de documentários nomeada de Fitzpatrick Traveltalks e The Voice of the Globe. Uma dessas cidades, é claro, foi a então capital federal do Brasil, o Rio de Janeiro, cujo filme foi lançado em 1936 - City of Splendour - sob o selo da MGM. O Rio filmado por Fitzpatrick é realmente um barato, e o que mais chamou-me a atenção foi a beleza extraordinária da Cinelândia, com pedras portuguesas limpinhas, bem ajardinada, e o melhor: sem mendigos. A Praça Paris, também, é outro ponto: podem passar quantos anos forem, mas ela sempre continuará bela. O que mais? Melhor assistir o vídeo. Duração de oito minutinhos com filmagens raras do espaço urbano carioca na década de 30.

Um comentário:

Cris disse...

Assim q eu puder, vou assistir. O Rio limpo, sem mendigos, ajardinado... Q sonho!!! Parece um achado. bjs